Bolsonaro, que atacava o Bolsa Família, agora chama críticos do Renda Cidadã de "demagogos e comunistas"

"O Auxílio Emergencial, infelizmente para os demagogos e comunistas, não pode ser para sempre", afirmou Jair Bolsonaro no Twitter

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro e cartão do Bolsa Família
Jair Bolsonaro e cartão do Bolsa Família (Foto: Carolina Antunes/PR | Jefferson Rudy/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Jair Bolsonaro, que atacava o Bolsa Família, agora disse ver demagogia nas críticas ao Renda Cidadã. "O Auxílio Emergencial, infelizmente para os demagogos e comunistas, não pode ser para sempre", afirmou no Twitter.

Bolsonaro sinalizava que os contemplados do programa não querem saber de trabalhar e o benefício era usado de forma eleitoreira.

"Os responsáveis pela destruição de milhões de empregos agora se calam. O meu governo busca se antecipar aos graves problemas sociais que podem surgir em 2021, caso nada se faça para atender a essa massa que tudo, ou quase tudo, perdeu", continuou ele na rede social. 

PUBLICIDADE

De acordo com o senador Marcio Bittar (MDB-AC), o governo Bolsonaro pretende custear o Renda Cidadã com dinheiro do Bolsa Família, com a sobra de recursos após o pagamento de precatórios e ainda com uma pequena fatia da verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Inscreva-se na TV 247 e assista a Boletim sobre o assunto: 


PUBLICIDADE

 

 

 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email