Bolsonaro, que desmata a Amazônia, vai gastar R$ 6,4 mi com jardinagem

Em meio à polêmica provocada pelo aumento do desmatamento na Amazônia, o governo Jair Bolsonaro irá gastar R$ 6,4 milhões em serviços de jardinagem nos palácios do Planalto, Alvorada e Jaburu, além da Granja do Torto. Edital prevê a aquisição de 75 tipos diferentes de sementes e plantas, incluindo flores ornamentais e verduras, pelo período de um ano

Brasília - Palácio da Alvorada (Wilson Dias/Agência Brasil)
Brasília - Palácio da Alvorada (Wilson Dias/Agência Brasil) (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em meio à polêmica provocada pelo aumento do desmatamento na Amazônia, que levou mudanças nos órgãos de fiscalização ambiental e fez com que a Alemanha e a Noruega a suspenderem os repasses para o Fundo Amazônia (Leia no Brasil 247), o governo Jair Bolsonaro irá gastar R$ 6,4 milhões em serviços de jardinagem nos palácios do Planalto, Alvorada e Jaburu, além da Granja do Torto.

De acordo com o blog do jornalista Guilherme Amado, o edital prevê a aquisição de 75 tipos diferentes de sementes e plantas, incluindo flores ornamentais e verduras, pelo período de um ano. O pregão eletrônico será aberto em até duas semanas. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247