Bolsonaro reafirma que não há fome no Brasil e cita a Bíblia

Em mais uma declaração polêmica, Jair Bolsonaro voltou a dizer que não existe fome no Brasil. Prefaciando com o versículo João 8:32 da Bíblia – “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” -, o chefe do Planalto cita dados do Bolsa Família, BPC e Aposentadoria Rural que, segundo ele, somados geram “R$ 200 bilhões que vão para o bolso dos mais pobres”

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em mais uma declaração polêmica, o presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer que não existe fome no Brasil. Prefaciando com o versículo João 8:32 da Bíblia – “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” -, o chefe do Planalto cita dados do Bolsa Família, BPC e Aposentadoria Rural que, segundo ele, somados geram “R$ 200 bilhões que vão para o bolso dos mais pobres”.

“Logo, se você entender a fome como sistêmica e endêmica, o Brasil não a tem. Osmar Terra, Min da Cidadania”, postou o mandatário no Twitter, referindo-se à declaração do ministro Osmar Terra.

Em café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto no dia 19 de julho, Bolsonaro disse que não existe fome no Brasil porque o País é “rico para qualquer plantio”. 

“O Brasil é um país rico para praticamente qualquer plantio. Fora que passar fome no Brasil é uma grande mentira. Passa-se mal, não come bem, aí eu concordo. Agora, passar fome, não. Você não vê gente, mesmo pobre, pelas ruas, com físico esquelético, como a gente vê em alguns outros países pelo mundo”, declarou.

Três dias depois, o ministro Osmar Terra defendeu Bolsonaro, dizendo que “problema grave no Brasil é a obesidade e não a fome”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247