"Bolsonaro retirou R$ 10 bilhões do SUS e deixou o Brasil vulnerável ao coronavírus", diz Humberto Costa

"Em 2019, quase R$ 10 bilhões deixaram de ser destinados ao SUS por conta da limitação orçamentária determinada na lei, que não permite aumento acima da inflação", destacou o senador Humberto Costa (PT-PE)

(Foto: Ag. Senado | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O senador Humberto Costa (PT-PE) lembrou que o governo Jair Bo0lsonaro retirou R$ 10 bilhões do SUS (Sistema Único de Saúde), o que deixou o Brasil mais vulnerável ao coronavírus.

"O teto de gastos aprovado na gestão Temer, com apoio de Bolsonaro, retira dinheiro de áreas importantes do orçamento federal. Em 2019, quase R$ 10 bilhões deixaram de ser destinados ao SUS por conta da limitação orçamentária determinada na lei, que não permite aumento acima da inflação", destacou o senador.

Para o parlamantar, o governo já teve tempo suficiente para constatar que essa política de arrocho e austeridade fiscal aplicada desde o golpe contra a presidente Dilma Rousseff, em 2016, "não vai nos levar a lugar nenhum".

"Tínhamos o pior presidente da história: Michel Temer. Mas Jair Bolsonaro conseguiu superá-lo", completou.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247