Bolsonaro sente dores abdominais e é internado em Brasília

Jair Bolsonaro sentiu dores abdominais na madrugada e foi internado no Hospital das Forças Armadas (HFA) em Brasília. Reuniões da manhã foram canceladas. Governo diz que ele está internado apenas para exames

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nobrega - PR)


247 - Jair Bolsonaro sentiu dores abdominais na madrugada desta quarta-feira (14) e foi internado no Hospital das Forças Armadas (HFA) em Brasília (DF) nesta manhã. Segundo o governol ele está no hospital para fazer exames. As reuniões marcadas para esta manhã foram canceladas. Bolsonaro vinha reclamando de um soluço constante. 

Segundo o governo, ele teria ido ao hospital para fazer exames. Nota da Secretaria Comunicação Social da Presidência da República (Secom) informou às 8h30 que os exames são "para investigar a causa dos soluços". "Por orientação médica, o presidente ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. Ele está animado e passa bem", diz a nota.

Estava previsto para 11h desta quarta um encontro com os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux. O STF informou, sem explicar o motivo, que a reunião entre os presidentes dos poderes "foi cancelada". "O encontro será oportunamente reagendado".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email