Bolsonaro usa esquema de corrupção nos Correios para defender privatizações

Jair Bolsonaro defendeu o seu programa de privatizações ao citar suspeita de corrupção nos Correios investigada pela Polícia Federal . “Coisa errada existe ainda, restos que temos do passado a apagar, existem, como a operação da Polícia Federal hoje. Parabéns à Polícia Federal com sua ação nos Correios, é mais uma prova que nós devemos cada vez mais afastar o Estado da vida do cidadão, a não ser naquelas coisas perfeitamente essenciais”, disse

PR
PR

Reuters - O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta sexta-feira a redução do tamanho do Estado, ao citar suspeita de corrupção nos Correios investigada pela Polícia Federal como exemplo de que é preciso afastar cada vez mais o Estado da vida do cidadão, a não ser em questões essenciais.

“Coisa errada existe ainda, restos que temos do passado a apagar, existem, como a operação da Polícia Federal hoje. Parabéns à Polícia Federal com sua ação nos Correios, é mais uma prova que nós devemos cada vez mais afastar o Estado da vida do cidadão, a não ser naquelas coisas perfeitamente essenciais”, disse Bolsonaro, durante breve discurso em cerimônia no Palácio do Planalto.

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira operação para investigar suspeita de fraude que causou prejuízo de ao menos 13 milhões de reais aos Correios, segundo reportagens.

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT) foi incluída pelo governo para possível desestatização.

Reportagem de Lisandra Paraguassu

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247