Bolsonaro usa rede social para convocar apoiadores à "guerra das panelas"

Prestes a ser alvo de um novo panelaço, Jair Bolsonaro usou as redes sociais para convocar apoiadores a também realizarem um panelaço em defesa de seu governo

Ocupante do Planalto fez a última cirurgia em setembro
Ocupante do Planalto fez a última cirurgia em setembro (Foto: Carolina Antunes - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Alvo da revolta da população, que já se manifestou por meio de um panelaço nesta terça-feira (18) e que deve voltar à se manifestar na noite desta quarta-feira, em função da inércia das ações necessárias para enfrentar o avanço do novo coronavírus e pelo fraco fesempenho da economia, Jair Bolsonaro usou as redes sociais para convocar seus apoiadores a também baterem panelas em defesa do seu governo. 

Na mensagem postada no Twitter, além de convocar apoiadores, Bolsonaro também faz um novo ataque à imprensa, onde diz ser alvo da falta de parcialidade dos veículos de comunicação. “O jornal Hoje (TV Globo) e Veja on line, divulgam, de forma ostensiva, PANELAÇO hoje às 20h30 contra o Presidente Jair Bolsonaro. - Mas a mesma imprensa, que se diz imparcial, NÃO DIVULGA outro PANELAÇO, às 21h A FAVOR DO GOVERNO JAIR BOLSONARO”, postou.

Os panelaços contra o governo foram registrados na noite desta terça-feira (17) em diversas capitais como Rio de Janeiro,São Paulo e Porto Alegre e acenderam a luz de alerta no Palácio do Planalto, que temem que uma grande adesão na manifestação das 20h30 desta quarta resulte em uma escalada de protestos que acabe angariando no apoio político necesário à abertura de um processo de impeachment.

Confira a postagem de Jair Bolsonaro sobre o assunto.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247