Boulos e Manuela criticam venda da Embraer; Alckmin elogia

A venda da Embraer dividiu os pré-candidatos à Presidência; enquanto os candidatos de esquerda criticaram a operação, presidenciáveis de centro-direita defenderam a compra da empresa brasileira pela Boeing como forma de fortalecer a companhia

Boulos e Manuela criticam venda da Embraer; Alckmin elogia
Boulos e Manuela criticam venda da Embraer; Alckmin elogia (Foto: Divulgacao Embraer )

247 - A venda da Embraer dividiu os pré-candidatos à Presidência. Enquanto os candidatos de esquerda criticaram a operação, presidenciáveis de centro-direita defenderam a compra da empresa brasileira pela Boeing como forma de fortalecer a companhia.

“O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) e o senador Alvaro Dias (Podemos) são favoráveis ao negócio, mas ressaltaram que é fundamental a preservação da soberania do País no setor militar. “Poucas empresas e poucos países produzem aviões desse porte e com essa tecnologia. Mas é um mercado difícil de se enfrentar, e a fusão vai fortalecer as duas companhias. Importante é que o interesse estratégico brasileiro seja preservado”, afirmou Alckmin.

(...)

O ex-ministro da Fazenda do governo Michel Temer, Henrique Meirelles (MDB), disse que é necessário preservar os interesses do País. ‘O acordo definitivo terá de atender aos interesses nacionais estratégicos para que seja aprovado pelo governo’, afirmou Meirelles.”

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247