Boulos ironiza Guedes: 'a meta é dobrar o número de famílias com fome'

O líder do MTST fez referência à declaração do ministro, de que, se Jair Bolsonaro for reeleito, a política econômica será a mesma

www.brasil247.com - Guilherme Boulos
Guilherme Boulos (Foto: Divulgação)


247 - O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, criticou nesta quarta-feira (13) o ministro da Economia, Paulo Guedes, após o titular da pasta afirmar, na segunda-feira (11), que, se Jair Bolsonaro for reeleito, o programa econômico seria "o mesmo, só que aprofundando".

"Paulo Guedes prometeu que, se for reeleito, Bolsonaro vai continuar e aprofundar o que fez em termos de economia até aqui. A meta é dobrar o número de famílias com fome e fazer o litro da gasolina a 20 reais?", escreveu Boulos no Twitter. 

Em 2020, o Brasil registrou 55,2% da população vivendo com algum tipo de insegurança alimentar (grave, moderada ou leve), de acordo com levantamento da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ao citar a gasolina, Boulos fez referência ao preço alto do combustível, que, no território nacional, tem uma média superior a R$ 7 por litro, muito em função da política de preços da Petrobrás, pois o valor dos produtos derivados de petróleo varia de acordo com a cotação do dólar no mercado internacional. Há localidades em que o preço médio do litro da gasolina supera os R$ 10.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email