Boulos: ‘Ministro disse que o SUS deveria encolher. Infelizmente, conseguiu’

"Em 2017, 1/4 dos municípios não atingiram a cobertura ideal para nenhuma das vacinas indicadas a crianças. O ministro da Saúde de Temer disse ao assumir em 2016 que o SUS devia encolher. Infelizmente, conseguiu", disse o presidenciável Guilherme Boulos (Psol)

Boulos: ‘Ministro disse que o SUS deveria encolher. Infelizmente, conseguiu’
Boulos: ‘Ministro disse que o SUS deveria encolher. Infelizmente, conseguiu’ (Foto: Esq.: ABR / Dir.: Marcelo Camargo - ABR)

247 - O pré-candidato à presidência da República Guilherme Boulos (Psol) criticou o governo Michel Teme por causa de um dado que aponta mais um retrocesso social, desta vez na área de saúde. 

"Em 2017, 1/4 dos municípios não atingiram a cobertura ideal para nenhuma das vacinas indicadas a crianças. O ministro da Saúde de Temer disse ao assumir em 2016 que o SUS devia encolher. Infelizmente, conseguiu", disse o presidenciável no Twitter.

O ministro Ricardo Barros disse, em maio do ano passado, que pretende rever o tamanho do Sistema Único de Saúde. "Vamos ter que repactuar, como aconteceu na Grécia, que cortou as aposentadorias, e em outros países que tiveram que repactuar as obrigações do Estado porque ele não tinha mais capacidade de sustentá-las", afirmou ele, na época, ao jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com levantamento feito pelo veículo e divulgada nesta quinta-feira (5), em 2017, 1.453 das 5.570 cidades brasileiras não atingiram as metas de cobertura para nenhuma das dez vacinas indicadas para esse grupo. Atualmente, as metas são de 90% para vacinas que protegem contra tuberculose e gastroenterite, e 95% para as demais, como as que protegem contra poliomielite, sarampo, hepatite e meningite.

 

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247