Boulos: não podemos tolerar xenofobia

"Condenamos os ataques contra os venezuelanos em Roraima. Somos um país acolhedor e que respeita os imigrantes. Não podemos tolerar atos movidos pelo ódio e pela xenofobia", disse o presidenciável do Psol no Twitter

Boulos: não podemos tolerar xenofobia
Boulos: não podemos tolerar xenofobia (Foto: Sul 21)

247 - O presidenciável Guilherme Boulos (Psol) repudiou os ataques contra venezuelanos em Roraima (RR). Cerca de 1,2 mil deles deixaram o Brasil após os ataques ocorridos neste sábado em Pacaraima (RR), informou o coronel do Exército Hilel Zanatta, que comanda a operação Acolhida, de atendimento aos estrangeiros.

"Condenamos os ataques contra os venezuelanos em Roraima. Somos um país acolhedor e que respeita os imigrantes. Não podemos tolerar atos movidos pelo ódio e pela xenofobia", escreveu Boulos em sua conta no Twitter.

O tumulto aconteceu no sábado (18), após a família do comerciante Raimundo Nonato de Oliveira, de 55 anos, relatar à Polícia Militar que ele foi assaltado e agredido por venezuelanos na noite de sexta (17). Nenhum suspeito do crime foi preso.

Segundo o coronel Zanatta, parte dos venezuelanos que saíram do Brasil estava no centro de triagem dos imigrantes que chegam ao País. Conforme o G1, ele disse, ainda, o posto chegou a suspender os atendimentos no sábado, mas a fronteira continua aberta. O fluxo de imigrantes caiu pela metade, afirmou.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247