Braga Netto trabalha para impedir que Heleno seja candidato a vice na chapa de Bolsonaro

Militares ligados ao ministro da Defesa argumentam a interlocutores de Bolsonaro que Heleno tem idade muito avançada e pouca influência nas Forças Armadas

www.brasil247.com - Augusto Heleno e Walter Braga Netto
Augusto Heleno e Walter Braga Netto (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil | Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)


247 - O grupo de militares ligado ao ministro da Defesa, Walter Braga Netto, tem trabalhado para reduzir as chances de o ministro do GSI, Augusto Heleno, ser escolhido por Jair Bolsonaro (PL) para ser o candidato a vice-presidente em sua chapa neste ano, informa Bela Megale, do jornal O Globo.

Os aliados de Braga Netto, em conversas com interlocutores de Bolsonaro, defendem que Heleno não exerce a mesma liderança sobre a tropa que o ministro da Defesa. Eles também apelam para a idade avançada de Heleno que, na visão do grupo, não teria a disposição necessária para ocupar o posto.

O grupo argumenta ainda que a força de Braga Netto junto às Forças Armadas será um alicerce importante para a reeleição de Bolsonaro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Eles lembram também que Heleno já fez críticas a parlamentares do Centrão e que este fato causa incômodo entre a classe política. Em 2021, Heleno afirmou: "se gritar pega centrão, não fica um, meu irmão".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aliados de Heleno, por outro lado, levaram a Bolsonaro enquetes feitas em grupos de extrema direita que apontam o nome do ministro do GSI como preferido para ocupar o posto de vice.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email