Brasil cai em Índice de Desenvolvimento Humano e o motivo principal é a desigualdade

Relatório apontou que quase um terço de todas as riquezas do Brasil estão concentradas nas mãos dos 1% mais ricos; os dados são referentes a 2018, mas podem piorar nos próximos anos porque as políticas de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes tendem a agravar ainda mais a desigualdade

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – "O Brasil ficou na 79ª posição no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) divulgado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) nesta segunda-feira (9)", aponta reportagem do G1. O Brasil caiu uma posição no ranking mundial em relação à publicação anterior, passando da 78ª para 79ª. 

"O Pnud também avaliou, em 150 países, o IDH 'ajustado às desigualdades'. Este índice mede a perda do desenvolvimento humano devido à distribuição desigual dos ganhos do IDH.  Nesta avaliação, o Brasil ficou com o índice 0,574 e ocupou a 102ª posição. Na América do Sul, o país foi o segundo que mais perdeu no IDH devido ao ajuste realizado pela desigualdade, ficando atrás apenas do Paraguai (que foi da posição 98, com 0,724, para a posição 112, com 0,545)", aponta ainda a reportagem.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247