Brasil de Bolsonaro pode ser considerado vilão pelos EUA de Biden por questão ambiental

O Brasil poderá ser visto como um país vilão, a partir da próxima quarta-feira, quando o democrata Joe Biden toma posse como presidente dos EUA. Tudo por causa da política ambiental

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, tomará posse no próximo dia 20 com a promessa de reverter várias das políticas de Donald Trump. A principal delas será a ambiental. Com isso, o Brasil de Bolsonaro poderá ser considerado um país vilão

A política ambiental do governo de Jair Bolsonaro é um ponto de antagonismo entre o governo brasileiro e o futuro governo dos EUA, que começará na próxima quarta-feira (20), com a posse do novo presidente Joe Biden. 

Esse antagonismo foi explicitado durante a campanha eleitoral do ano passado. Nos debates Biden mostrou que não concorda com a atual política ambiental brasileira. Em um deles, chegou a prometer US$ 20 bilhões para proteger a Amazônia e ameaçou o Brasil com retaliações. A fala foi imediatamente respondida por Bolsonaro, que disse não aceitar "subornos", lembra reportagem do UOL.

Segundo especialistas em relações internacionais, uma política ambiental em que há negação do aquecimento global e vista grossa para queimadas e desmatamentos pode, de fato, fazer os Estados Unidos considerarem o Brasil como um vilão, o que teria um forte apelo entre o eleitorado democrata.

Outro sinal de que o Brasil não terá vida fácil com o novo governo é o nome que Biden escolheu para lidar com os assuntos da América Latina. Juan Gonzalez é um crítico da agenda ambiental de Bolsonaro.

Em qualquer relacionamento que Biden tenha com líderes ao redor do mundo, a mudança climática estará no topo dessa agenda, e isso inclui o Brasil. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email