“Brasil nunca abraçou os valores que Bolsonaro representa”, diz Haddad

Candidato do PT voltou a desafiar o adversário para um debate, comemorou apoio, e disse que Bolsonaro fez dessa a campanha eleitoral "mais baixa de todos os tempos"; "Ele joga com o medo das pessoas. Agora está se voltando contra ele, as pessoas estão vendo o que está acontecendo", afirmou 

“Brasil nunca abraçou os valores que Bolsonaro representa”, diz Haddad
“Brasil nunca abraçou os valores que Bolsonaro representa”, diz Haddad (Foto: Ricardo Stuckert | Reuters)

Rede Brasil Atual - Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (25) em São Paulo, o candidato a Presidente da República pela coligação O Brasil Feliz de Novo, Fernando Haddad afirmou nesta quinta-feira (25) que "o Brasil nunca abraçou os valores que Bolsonarorepresenta", fazendo menção à campanha baseada em mentiras, intolerância e incitação à violência movida pelo candidato do PSL e seus apoiadores. Haddad aposta na virada, a partir dos dados das últimas, como a do Ibope, que aponta a sua liderança na cidade de São Paulo e da CUT/Vox Populi, que indica diminuição da vantagem do oponente.

Haddad voltou a desafiar Bolsonaro para o debate para que os eleitores possam escolher o seu candidato "sabendo o que está fazendo". "Para a maioria dos brasileiros, é um salto no escuro. Para mim, é um salto no abismo o que ele representa", afirmou.

O petista também destacou o apoio que recebeu da candidata derrotada Marina Silva (Rede), bem como do ex-governador de São Paulo Alberto Goldman (PSDB), que declarou voto em Haddad após Bolsonaro ameaçar adversários, com prisões e exílio, em discurso no ultimo domingo (21). Ele disse que ainda não tem previsão para um encontro com o Ciro Gomes (PDT), mas disse que conversou com Carlos Lupi, presidente do partido, para chamar a atenção para a onda da virada que começa a se formar a partir de São Paulo.

"Ele joga com o medo das pessoas. Agora está se voltando contra ele, as pessoas estão vendo o que está acontecendo", afirmou Haddad. Ele destacou que a comunidade internacional e a imprensa estrangeira estão mais "cientes" do que Bolsonaro representa como ameaça à democracia, já que no Brasil haveria tendência a "naturalizar" as falas de Bolsonaro que incitam a violência.

Segundo o candidato do PT, Bolsonaro é um "teste de fogo" para a democracia brasileira. "Acredito que vamos passar e superar".

O candidato ainda classificou a atual campanha eleitoral como a "mais baixa de todos os tempos", por conta do tom adotado por Bolsonaro.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247