Breno Altman: PSDB foi o responsável por libertar o neofascismo

O jornalista Breno Altman, em sua análise semanal à TV 247, ressalta que a extrema-direita brasileira "não surgiu do nada", expondo que a centro-direta alimentou a ascensão de Jair Bolsonaro (PSL); "O PSDB foi um grande responsável", critica; ele afirma ainda que o candidato "é a cara das elites brasileiras"; assista

Breno Altman: PSDB foi o responsável por libertar o neofascismo
Breno Altman: PSDB foi o responsável por libertar o neofascismo
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

TV 247 - Como o neofascismo ganhou tanta força no Brasil? Quem aborda a questão é o jornalista Breno Altman, em sua análise semanal à TV 247, ressaltando que a extrema-direita brasileira "não surgiu do nada", expondo que a centro-direta alimentou a sua ascensão. "O PSDB foi um grande responsável", condena o jornalista. 

Ao se debruçar no cenário eleitoral, Altman considera grande as chances de um segundo turno entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) "Tal projeção vem se consolidando a cada dia", aponta. 

Ele observa que o eleitorado que optou pelo Ciro Gomes (PDT) como voto útil para derrotar Bolsonaro, hoje encontra em Haddad a perspectiva para derrotar o candidato de extrema-direita no segundo turno.

O jornalista considera que a centro-direita anteriormente projetava a derrota do PT, mas agora passou a orquestrar fracasso de Bolsonaro."Há uma manobra política na composição de forças para derrotar o neofascismo", expõe.

"O objetivo da centro-direita com o movimento "Ele Não", cuja entrada foi pela porta dos fundos, é promover o crescimento de Alckmin (PSDB) ou, como segunda opção, Ciro Gomes. Esta operação está fadada ao fracasso", projeta Altman. 

O jornalista entra no tema Bolsonaro dizendo que ele é a cara da elite brasileira. "Após a redemocratização, a elite foi obrigada  a se disfarçar e falar em democracia. A partir de 2015, após o golpe, essas pessoas perderam perderam a vergonha na cara e se sentem representadas pelo candidato da extrema-direita", condena.  

Altman ressalta que o neofascismo "não surgiu do nada", expondo que a centro-direta alimentou a sua ascensão. "O PSDB foi um grande responsável", aponta. 

Inscreva-se na TV 247 e confira a análise de Breno Altman:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247