HOME > Brasil

Bresser-Pereira: “as elites brasileiras deixaram de ter compromisso com o País”

O ex-ministro da Fazenda Luis Carlos Bresser-Pereira criticou o posicionamento dos mais ricos do País perante a mais grave recessão econômica da história do Brasil; em palestra de abertura do 14º Fórum da Fundação Getúlio Vargas (FGV), nesta segunda-feira, 11, Bresser disse que o Brasil e o mundo estão vivendo uma "crise de Nação", o que dificulta o encontro de uma solução para os problemas econômicos e políticos pelo mundo; "O problema é que estamos em uma crise de Nação. As elites brasileiras deixaram de ter compromisso com o Brasil", disse o ex-ministro

O ex-ministro da Fazenda Luis Carlos Bresser-Pereira criticou o posicionamento dos mais ricos do País perante a mais grave recessão econômica da história do Brasil; em palestra de abertura do 14º Fórum da Fundação Getúlio Vargas (FGV), nesta segunda-feira, 11, Bresser disse que o Brasil e o mundo estão vivendo uma "crise de Nação", o que dificulta o encontro de uma solução para os problemas econômicos e políticos pelo mundo; "O problema é que estamos em uma crise de Nação. As elites brasileiras deixaram de ter compromisso com o Brasil", disse o ex-ministro (Foto: Aquiles Lins)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Um dos dos fundadores do PSDB e ex-ministro da Fazenda, o economista Luis Carlos Bresser-Pereira criticou o posicionamento dos mais ricos do País perante a mais grave recessão econômica da história do Brasil.

Em palestra de abertura do 14º Fórum da Fundação Getúlio Vargas (FGV), nesta segunda-feira, 11, Bresser disse que o Brasil e o mundo estão vivendo uma crise de Nação e isso dificulta o encontro de uma solução para os problemas econômicos e políticos pelo mundo.

"O problema é que estamos em uma crise de Nação. As elites brasileiras deixaram de ter compromisso com o Brasil", disse o ex-ministro.

De acordo com Bresser-Pereira, num mundo globalizado, a ideia de se ter sucesso sem um programa de desenvolvimento não é possível. O mundo desenvolvido, observa o ex-ministro, cresce pouco porque adotaram as mesmas medidas que o Brasil está adotando agora.

"Os países ricos nos criticavam dizendo que tínhamos de proteger o trabalho. Hoje as elites dos países ricos também perderam o conceito de nação. Se é possível haver sucesso para países seja ricos, seja pobres, tem que haver um programa de nação", afirmou. 

Bresser-Pereira tem sido um dos economistas mais firmes nas críticas ao modelo econômico adotado pelo governo de Michel Temer.

Assista entrevista dele à TV 247

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: