CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Brizola Neto lança carteira de trabalho eletrônica

Neto e herdeiro do trabalhismo, ministro do Trabalho tem projeto que substituirá o documento de papel por cartão que dará direito a consultas online pelo trabalhador; objetivo visa digitalizar informações numa base única de dados e evitar fraudes

Brizola Neto lança carteira de trabalho eletrônica
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – A velha carteira de trabalho deve ser substituída no próximo ano por um cartão eletrônico. O projeto do ministro do Trabalho, Brizola Neto, está na Câmara de Gestão e tem a aprovação da presidente Dilma Rousseff, que o quer concluído ainda neste ano, informa reportagem do jornal O Estado de S.Paulo.

Além de diminuir a burocracia, o cartão facilitará e muito a vida do trabalhador, que poderá consultar se a empresa depositou sua contribuição previdenciária, o FGTS e o recolhimento de Imposto de Renda. "Os empregados terão acesso online aos locais e períodos em que trabalharam. A iniciativa também tem o objetivo de coibir fraudes", explica a reportagem.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Quer melhor fiscal que o próprio trabalhador?", afirmou o ministro do Trabalho, a respeito do projeto. "Vamos eliminar coisas que hoje estão em papel", acrescentou o coordenador-geral de Fiscalização substituto da Receita, Daniel Belmiro, citando como exemplo a folha de pagamentos e o livro de empregados, documentos que a empresa é obrigada a imprimir.

O projeto visa reunir num único banco de dados todas as informações sobre o trabalhador e sua relação com as empresas. O projeto reúne, além do Ministério do Trabalho, a Receita Federal, o INSS e a Caixa Econômica Federal. A ideia é que a partir do início do ano que vem as empresas já comecem a fazer uma única declaração às instituições.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO