Butantan rebate acusações de Bolsonaro de sobrepreço na CoronaVac

Instituto Butantan estar absolutamente tranquilo com relação às acusações de Jair Bolsonaro de que o laboratório chinês SinoVac teria oferecido ao governo a dose do imunizante pela metade do valor cobrado pela instituição

Instituto Butantan e Bolsonaro
Instituto Butantan e Bolsonaro (Foto: Marcos Santos/USP Imagens | REUTERS/Amanda Perobelli)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Julinho Bittencourt, Revista Fórum - O Instituto Butantan, através de sua assessoria de imprensa, afirmou com exclusividade à Fórum, na manhã dessa quinta-feira (22), estar absolutamente tranquilo com relação às acusações do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido).

O presidente afirmou que a SinoVac, laboratório chinês que fabrica a CoronaVac, teria oferecido ao governo a dose do imunizante a 5 dólares, metade do valor que está sendo cobrado pelo Instituto Butantan.

De acordo com a assessoria, o Butantan tem a exclusividade da CoronaVac para toda a América Latina. A própria Sinovac soltou nota no último domingo (20) reiterando “que o instituto é o único representante da Sinovac no Brasil e na América Latina para a comercialização da CoronaVac”.

PUBLICIDADE

Leia a íntegra na Fórum

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email