CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Camilo Santana propõe diálogo com a sociedade para reavaliar o novo ensino médio

Mudança foi feita em 2017 pelo governo golpista de Michel Temer e vem sendo criticada por estudantes e especialistas em educação

Camilo Santana (Foto: Divulgação)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O ministro da Educação, Camilo Santana, promoveu abrir canais de diálogo com a sociedade para reavaliar o Novo Ensino Médio, implantado em 2017, pelo governo golpista de Michel Temer e que flexibilizou os currículos nas escolas. Camilo fez as promessas após um dia marcado por protestos de estudantes e especialistas na área educacional.

O movimento estudantil promoveu nesta quarta-feira (15) em todo o país um Dia Nacional de Mobilização pela Revogação do Novo Ensino Médio (NEM), regulado pela Lei 13.415/2017.

Esse sistema de ensino tem sido objeto de críticas e polêmicas desde sua implantação em 2017. A proposta era de flexibilizar o currículo e oferecer aos alunos uma formação mais direcionada às suas áreas de interesse, mas, na prática, o que ocorre, segundo o movimento estudantil, é uma grande falta de clareza em relação aos objetivos da reforma e um projeto sem debate público e sem ouvir nem educadores, nem estudantes.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO