Caminhoneiros ameaçam com nova paralisação

Os caminhoneiros estão ameaçando fazer nova greve devido a um impasse nas discussões com o governo e o setor privado em torno da tabela de fretes, depois da suspensão daquela que havia sido publicada em julho, informa a coluna Painel S.A. da Folha de S.Paulo

(Foto: Leonardo Benassatto - Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os caminhoneiros estão ameaçando fazer nova greve devido a um impasse nas discussões com o governo e o setor privado em torno da tabela de fretes, depois da suspensão daquela que havia sido publicada em julho, informa a coluna Painel S.A. da Folha de S.Paulo.  

A categoria vai esperar o julgamento da ação no Supremo Tribunal Federal que discutirá a constitucionalidade da tabela, no dia 4 de setembro.   

O julgamento é visto como uma final de Copa do Mundo. Caso haja vitória, haverá mais força para retomar as discussões, afirma Marcelo Paz, líder dos caminhoneiros no Porto de Santos.  

Além de prosseguir as tratativas com o governo e o setor privado, os caminhoneiros querem ampliar sua representação. No dia 25 de setembro, vão inaugurar a frente parlamentar mista do caminhoneiro autônomo e celetista.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247