Cancelamento de 3,4 milhões de títulos de eleitor é ruim para o PT, diz IBOPE

O presidente do Instituto Ibope, Carlos Augusto Montenegro, afirmou nesta segunda-feira (01) que a decisão do STF de cancelar 3,4 milhões de títulos eleitorais "não é uma notícia boa para o PT", segundo reportagem de Fernando Molica, na Veja; por outro lado, de acordo com Montenegro, Haddad tem mais dos chamados "votos envergonhados" que Bolsonaro, o que pode resultar em dois a três pontos percentuais a mais para o candidato petista

Cancelamento de 3,4 milhões de títulos de eleitor é ruim para o PT, diz IBOPE
Cancelamento de 3,4 milhões de títulos de eleitor é ruim para o PT, diz IBOPE
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do Instituto Ibope, Carlos Augusto Montenegro, afirmou nesta segunda-feira (01) que a decisão do STF de cancelar 3,4 milhões de títulos eleitorais "não é uma notícia boa para o PT", segundo reportagem de Fernando Molica, na Veja. Montenegro não vê uma grande influência no primeiro turno, mas sim no segundo, caso a disputa seja acirrada. Na última quarta-feira (26), por 7 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal decidiu manter o cancelamento dos títulos eleitorais de 3,4 milhões de pessoas que não compareceram à revisão eleitoral.

A boa notícia para o Partido dos Trabalhadores, de acordo com Montenegro, é o fato de que "os eleitores de Fernando Haddad (PT) têm mais resistência em revelar seu voto do que aqueles que preferem Jair Bolsonaro (PSL). Segundo ele, a tendência foi verificada por um mecanismo desenvolvido pelo instituto para detectar o chamado ´voto envergonhado´, não revelado ao pesquisador". Montenegro afirmou que Haddad teria de dois a três pontos percentuais a mais das intenções de votos, enquanto que Bolsonaro teria uma variação de apenas um ponto.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247