Carta de FHC pedindo união contra candidatos é 'oca', diz Luiz Felipe Miguel

Para o professor de ciência política da Universidade de Brasília (UnB) Luis Felipe Miguel, a "cartinha" do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pedindo a união contra candidatos extremistas - uma referência a Jair Bolsonaro (PSL) - não acrescenta nada ao debate político", diz; "Qual a importância política de FHC? Não tem liderança popular e cada vez menos no seu cada vez menor partido", ressalta

Carta de FHC pedindo união contra candidatos é 'oca', diz Luiz Felipe Miguel
Carta de FHC pedindo união contra candidatos é 'oca', diz Luiz Felipe Miguel

Por Luis Felipe Miguel, em seu Facebook - A Folha concedeu sua manchete principal à cartinha de FHC. Como é de seu feitio, o "príncipe" rifa Alckmin num dia e no outro pede união em torno dele.

O que a carta de FHC acrescenta ao debate político? Nada. É um documento oco, que repisa temas que a direita não-bolsonariana vem dizendo há tempos, no estilo previsivelmente empolado deste tipo de manifesto.

Qual a importância política de FHC? Não tem liderança popular e cada vez menos no seu cada vez menor partido.

A manchete da Folha é um tributo à voz da experiência, ao velho estadista sábio, à reserva moral da nação. O problema é que FHC não consegue sustentar essa fama para além de Higienópolis.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247