Cercado por apoiadores, Bolsonaro quebra novamente o isolamento e defende 'volta à normalidade'

Desrespeitando as recomendações de isolamento, sem máscara e sem higienizar as mãos, Bolsonaro aglomerou e cumprimentou dezenas de pessoas em visita a um Hospital de Campanha em Goiás neste sábado

(Foto: Reprodução/Metrópoles)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro tem desrespeitado as recomendações de isolamento por diversas vezes. Um dias depois do Brasil ultrapassar mil mortes por coronavírus, ele defendeu o que chama de 'volta à normalidade' durante visita em Águas Lindas, em Goiás, neste sábado (11). 

Na chegada ao Hospital de Campanha que está sendo erguido no município, Bolsonaro foi cumprimentar apoiadores e gerou aglomeração no local.

Sob gritos de “mito”, Bolsonaro ergueu os braços e acenou. Ao falar com o público que aguardava, gerou nova aglomeração, o que contraria as recomendações do próprio Ministério da Saúde, que pede isolamento social para conter o novo coronavírus.

Bolsonaro e a comitiva que chegou com ele não usava máscaras nem luvas. Ao ser recebido pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) o fez passar álcool em gel e colocar a máscara para dar um aperto de mãos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247