Chuvas melhoram situação dos reservatórios das usinas

As fortes chuvas que caíram em praticamente todas as bacias hidrográficas do país melhoraram de uma maneira geral a situação dos reservatórios d'água em todas os subsistemas do país e em particular na área do Triângulo Mineiro (Itumbiara, Nova Ponte, Emborcação e Furnas). Mas, para que a situação se normalize, será preciso ainda mais chuva

Chuvas melhoram situação dos reservatórios das usinas
Chuvas melhoram situação dos reservatórios das usinas (Foto: Márcia Ribeiro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Nielmar de Oliveira
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - As fortes chuvas de ontem (13), que caíram em praticamente todas as bacias hidrográficas do país, melhoraram de uma maneira geral a situação dos reservatórios d'água em todas os subsistemas do país e em particular na área do Triângulo Mineiro (Itumbiara, Nova Ponte, Emborcação e Furnas).

As informações foram dadas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que admitiu, no entanto, que as chuvas estão atrasadas e que, para que a situação se normalize, será preciso ainda muita chuva. A ONS, no entanto, disse que a tendência é que, nos próximos dias, as chuvas continuem a cair nas áreas de concentração de reservatórios e que a situação de uma maneira geral melhore.

Segundo o Operador Nacional do Sistema, todas as térmicas estão despachando a plena carga para garantir a energia necessária ao país e que não há, portanto, qualquer risco de racionamento.

O nível dos reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste e do Norte vem subindo desde a última sexta-feira, depois de ter atingido o seu pior nível na quarta-feira. Depois de ter subido 0,3 ponto percentual entre quarta e quinta-feira (passando de 28,3% para 28,6% de sua capacidade máxima), ontem o nível dos reservatórios do Sudeste/Centro Oeste estava em 29,8% - uma alta de 1,2 ponto percentual em relação a quinta-feira (10) da semana passada.

No subsistema Norte, os reservatórios fecharam ontem em 42,04%, quase 2 pontos percentuais em relação ao fechamento da última quinta-feira (10). No subsistema Sul, ocorreu a maior alta: 2,4 pontos percentuais, passando de 46,6% para 49,0% da capacidade máxima dos reservatórios da região.

Já o subsistema do Nordeste continua a ser o único em queda. De quarta para quinta-feira, o nível dos reservatórios da região já havia recuado 0,3 ponto percentual para 29,6%; voltando a cair 0,3 ponto no último domingo, ao fechar em 29,3%.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email