Chuvas param São Paulo

Toda a cidade chegou a entrar em estado de ateno devido a uma forte chuva desta tera-feira; na regio do ABC, quatro rios transbordaram e a circulao de trens foi prejudicada

Chuvas param São Paulo
Chuvas param São Paulo (Foto: WILLIANS QUEIROZ/Agência Estado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A cidade de São Paulo entrou em estado de atenção por causa da intensa chuva que caiu nesta tarde, em diversos pontos da cidade. O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, está fechado desde às 14h45 e as operações de pousos e decolagens não têm previsão para retomar as atividades. O Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, opera sem problemas, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

Toda a cidade chegou a entrar em estado de atenção em algum momento da tarde, mas às 17h20, após a chuva perder a intensidade, toda a capital já estava fora do decreto. Um ponto grave foi o bairro do Ipiranga, na zona sul, que teve o córrego Ipiranga, localizado no cruzamento da Avenida Abraão de Morais com Rua Ribeiro Lacerda, transbordado.

Na Grande São Paulo, choveu intensamente em Santana de Paranaíba, Osasco, Carapicuíba, Barueri, Taboão da Serra, Embu, Itapecerica da Serra, Guarulhos, Arujá e Itaquaquecetuba. Na região do ABC, quatro ribeirões transbordaram: o Ribeirão dos Couros/Vila Rosa, em São Bernardo do Campo, o Ribeirão dos Meninos (Faculdade de Medicina), em Santo André, o Ribeirão dos Meninos (Clube São José), em São Caetano, e o Ribeirão dos Couros (Piraporinha Casa Grande), em Diadema.

A circulação de trens da Linha 10 - Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) chegou a ser interrompida entre as estações Mauá e São Caetano, no ABC paulista, mas já funciona normalmente. Segundo a companhia, o trecho foi bloqueado por conta de um alagamento.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), as chuvas persistem de maneira fraca na maioria dos bairros da capital. Imagens de radar indicam apenas precipitação leve e garoa em todas as regiões.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email