Ciro diz que reforma de Bolsonaro é contra os pobres

"A combinação de idade mínima com tempo de contribuição de 40 anos na prática levará os pobres a NÃO TER MAIS APOSENTADORIA: em 40 anos o trabalhador fica ao menos 8 anos sem carteira assinada (IBGE) assim, para ter a aposentadoria integral teria que trabalhar até os 73 anos pelo menos", diz Ciro, sobre a reforma apoiada por Tabata Amaral

30/03/2016 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - entrevista com Ciro Gomes. Foto: Guilherme Santos/Sul21
30/03/2016 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - entrevista com Ciro Gomes. Foto: Guilherme Santos/Sul21 (Foto: Guilherme Santos/Sul21)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da revista Fórum – O ex-candidato presidencial e principal líder político do PDT (Partido Democrático Trabalhista), Ciro Gomes, publicou nesta terça-feira (9) uma série de tweets contra o projeto de reforma de Previdência que está sendo votado nesta mesma noite, na Câmara dos Deputados.

Em suas mensagens, Ciro enumerou cinco argumentos pelos quais considera que o voto a favor da reforma de Jair Bolsonaro, desenhada pelo ministro Paulo Guedes, afetará principalmente os mais pobres e a classe média.

Abaixo, reproduzimos a íntegra das mensagens, que foi dividida em cinco tweets:

“Porque considero o voto a favor desta reforma Bolsonaro um voto contra os pobres e contra a classe média em resumo:

1. De cada 100 reais de sacrifício , 83 reais são cobrados de quem ganha até 2 mil reais;
2. A aposentadoria passa a ser calculada sobre todos os salários que o trabalhador teve ao longo da vida e não mais sobre os 80% maiores – a perda para os aposentados será de 13%;
3.A combinação de idade mínima com tempo de contribuição de 40 anos na prática levará os pobres a NÃO TER MAIS APOSENTADORIA: em 40 anos o trabalhador fica ao menos 8 anos sem carteira assinada (IBGE) assim, para ter a aposentadoria integral teria que trabalhar até os 73 anos pelo menos (soma da idade mínima com mais 8 anos de contribuição adicionais);
4. Em nenhum lugar do mundo civilizado um professor ou um policial trabalham 40 anos para se aposentar;
5. Os militares custam 47 bilhões de reais por ano e contribuem com 3 bilhões de reais, 99% dos militares se aposentam com 55 anos”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email