“Ciro trabalha para dividir a esquerda”, diz Leonel Brizola Neto à TV 247

Neto de Leonel Brizola diz que ele sempre esteve ao lado de Lula e afirma que Ciro Gomes atua como um infiltrado da direita para dividir a esquerda

Leonel Brizola Neto
Leonel Brizola Neto (Foto: CMRJ)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ex-vereador do Rio de Janeiro Leonel Brizola Neto (PSOL-RJ) afirmou nesta quarta-feira o ex-ministro Ciro Gomes, que proferiu ataques contra os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, atua para dividir a esquerda. 

"O Ciro é um Bolsonaro ao revés", afirmou o ex-vereador. Segundo ele, o segundo turno nas eleições foi “inventado pela direita para dividir a esquerda”, favorecendo manobras ao estilo de Ciro Gomes. 

“Num cenário dantesco onde o povo tá comendo osso, resto de carcaça de animal [...] famílias inteiras na extrema miséria, como eu nunca vi na minha vida [...] situação gravíssima, não é hora de picuinha e de dor de cotovelo, isso mostra o quanto esse cidadão [Ciro] é pequeno, esconde a verdade, porque ele se contradiz”, destacou.

PUBLICIDADE

Segundo ele, o papel do PDT vai ser “feio”, “se juntar com o DEM e o PSDB para ir contra o PT. Eu acho que a partir desse momento, que ele [Ciro] vá para lá [direita], de onde ele vem”.

Em entrevista ao Boa Noite 247, o Neto de Leonel Brizola diz que ele sempre esteve ao lado de Lula. "Brizola, nos momentos mais sérios, decisivos para o povo brasileiro e para a nação, sempre esteve ao lado de Lula", afirmou. 

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email