Ciro volta a insultar Lula: “está na mesma categoria” que Bolsonaro

Em um novo insulto contra o PT e o ex-presidente Lula, Ciro Gomes (PDT) disse que o petista "faz as maiores loucuras, diz as maiores aberrações, pratica toda sorte de contradição” e ainda que “se acha o maioral” e que "o PT se acha dono dos votos”

Ciro Gomes, Lula e Jair Bolsonaro
Ciro Gomes, Lula e Jair Bolsonaro (Foto: Agência Brasil | Brasil 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes voltou a usar discurso de ódio e a fazer insultos contra o PT e o ex-presidente Lula em entrevista ao jornalista Guga Noblat nesta sexta-feira (24). Mais uma vez ele comparou Lula a Bolsonaro: “está na mesma categoria”.

“Bolsonaro pode fazer o que quiser: chamar Jesus de palavrão, bater na mãe, andar pelado na rua” e será apoiado, disse o pedetista. “Lula está na mesma categoria”, continuou. “Faz as maiores loucuras, diz as maiores aberrações e pratica toda sorte de contradição”.

Ciro afirmou ainda que o “PT se acha dono dos votos” e Lula “se acha o maioral”. “O petista fanático acha que o Lula ainda é aquilo que ele foi”, disse. Segundo ele, o PT está sem chances de ganhar nenhuma capital “porque o povo não é burro e as pessoas têm a memória”.

Em relação a isso, Ciro disse que aconselhou Marcelo Freixo (PSOL), que era cotado para ser candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro, a não se aliar com o PT e falou sobre alianças do PDT para as eleições municipais deste ano. “Estamos apoiando o PSB em São Paulo. Márcio França está muito bem posicionado”, afirmou. Ele também declarou apoio ao PSD em Belo Horizonte, defendendo o atual prefeito “[Alexandre] Kalil, que é favorito”.

Ciro ainda mencionou uma possível aliança com o DEM, de Antônio Carlos Magalhães (ACM) Neto, em Salvador. Perguntado por Guga Noblat, que fazia questionamento de um internauta, o cearense também disse que seria “perfeitamente possível” uma chapa, nas eleições de 2022, dele com o atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), para a vice-presidência.

“Rodrigo é um camarada que é conservador embora a formação dele seja a melhor possível”, argumentou Ciro fazendo referência ao pai do parlamentar, César Maia, que era do PDT. “Ele representa o diálogo com esse mundo mais preocupado com a produção, com o desenvolvimento do país”, justificou.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247