CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

CNJ investigará presidente do TRE do RJ

Conselho Nacional de Justia decidiu abrir processo administrativo contra Luiz Zveiter por suspeita de favorecimento construtora Cyrela

CNJ investigará presidente do TRE do RJ (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu hoje abrir um processo administrativo para investigar o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro, Luiz Zveiter, por suspeita de favorecimento à construtora e incorporadora Cyrela, cliente do escritório de advocacia da família do desembargador.

Por 8 votos a seis, o CNJ concluiu que é necessário apurar indícios de que Zveiter teria agido com parcialidade em relação a um processo no qual foi questionada a titularidade da empresa sobre um terreno localizado na Barra da Tijuca.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"A junção de todas essas evidências não leva a outra conclusão, senão a de que há indícios de que o reclamado agiu com violação do dever de imparcialidade inerente ao cargo de magistrado e imprescindível para que sua conduta seja considerada irrepreensível na vida pública e privada", afirmou a corregedora nacional de Justiça e relatora do caso no CNJ, Eliana Calmon.

Um dos seis conselheiros que votaram a favor de Zveiter, Tourinho Neto disse que a abertura de um processo administrativo "arrasa com o juiz". "Mesmo que, ao final, ele venha a ser absolvido, é um suplício porque a comunidade e a sociedade entendem logo que ele é culpado. Isso arrasa com o indivíduo", afirmou Tourinho Neto.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Advogado de Luiz Zveiter, o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos disse que vai esperar a publicação da decisão do CNJ para definir os próximos passos da defesa. Ele nega que seu cliente tenha agido com parcialidade.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO