Com 0,2% dos votos, Levy Fidelix pede cancelamento das eleições alegando “invasão das urnas”

O candidato derrotado à prefeito de São Paulo, que não chegou a sequer 1% dos votos, pediu o cancelamento das eleições municipais “até que a invasão das urnas seja esclarecida”; seu partido, o PRTB, é o mesmo do Vice-presidente da República, general Hamilton Mourão

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Levy Fidelix, candidato derrotado à prefeito de São Paulo tendo recebido apenas 0,2% dos votos, anunciou em suas redes na tarde desta terça-feira que seu partido, o PRTB, pediu formalmente ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o cancelamento das eleições “até que a invasão das urnas seja esclarecida”.

No entanto, a postagem que mostra o pedido aponta apenas para “irregularidade na apuração e divulgação dos resultados”, sem apresentar provas de que realmente houve interferência em si. 

Confira a postagem abaixo: 

O PRTB, é o mesmo do Vice-presidente da República, general Hamilton Mourão

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email