Com a transposição pronta, Bolsonaro anuncia obra hídrica no Nordeste com Israel

Depois da realização de uma das maiores obras hídricas do mundo - a transposição do Rio São Francisco - que já começou a revolucionar o acesso à água e a rotina de mais de 12 milhões de pessoas, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, que não tem sequer um ministro nascido na região nordeste, divulga que fará uma parceria com Israel para dessalinizar a água do mar na região e distribuir para a agricultura familiar; Bolsonaro destacou o ex-astronauta e futuro ministro da Ciência e Tecnologia Marcos Pontes para visitar as instalações de dessalinização no país de Benjamin Netanyahu

Com a transposição pronta, Bolsonaro anuncia obra hídrica no Nordeste com Israel
Com a transposição pronta, Bolsonaro anuncia obra hídrica no Nordeste com Israel (Foto: PAC | ABr | Reuters)

247 - Depois da realização de uma das maiores obras hídricas do mundo - a transposição do Rio São Francisco - que já começou a revolucionar o acesso à água e a rotina de mais de 12 milhões de pessoas, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, que não tem sequer um ministro nascido na região nordeste, divulga que fará uma parceria com Israel para dessalinizar a água do mar na região e distribuir para a agricultura familiar. Bolsonaro destacou o ex-astronauta e futuro ministro da Ciência e Tecnologia Marcos Pontes para visitar as instalações de dessalinização no país de Benjamin Netanyahu. 

Como sói acontecer em todas as ações que nascem da cabeça de Jair Bolsonaro e de sua equipe, a iniciativa visa "apagar" o legado monumental deixado pelos governos democráticos do PT e de Lula e Dilma. 

Bolsonaro teve uma derrota eleitoral demolidora no nordeste, que deu a Haddad 70% dos votos válidos na região. Muitos analistas têm realçado o fato de que o nordeste se tornou uma espécie de "cinturão" da democracia no país, uma vez que a região não elegeu uma legião de políticos alinhados ao fundamentalismo de Bolsonaro. 

O projeto de dessalinização da água do mar para a região nordeste sequer foi fruto de estudos sistêmicos e não há clareza de sua viabilidade econômica e logística. 

Soa falso também a menção à agricultura familiar, uma vez que todos os movimentos da equipe de transição do governo Bolsonaro é estimular os grandes produtores rurais com políticas direcionas e perdões de dívidas somados à desregulamentação do setor. 

Confira aqui o Twitter de Jair Bolsonaro: 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247