Com Bolsonaro, 52,5% dos focos de queimadas de 2019 estão na Amazônia

O número focos de queimadas aumentou 82% durante o governo de Jair Bolsonaro, sendo 71.497 focos neste ano. Os dados são do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe)

Em Israel, Bolsonaro cita potencial da Amazônia e diz estar aberto a 'parcerias'
Em Israel, Bolsonaro cita potencial da Amazônia e diz estar aberto a 'parcerias' (Foto: REUTERS/Ronen Zvulun)

247 - Dados do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam que a Amazônia concentra 52,5% dos focos de queimadas de 2019, seguido pelo Cerrado, com 30,1%, e pela Mata Atlântica, com 10,9%.

De acordo com reportagem do G1, o número de queimadas aumentou 82% em relação ao mesmo período de 2018 - de janeiro a 18 de agosto. Foram 71.497 focos neste ano, sendo que 13.641 ocorreram no Mato Grosso, 19% do total do país.

O assunto ganhou destaque nesta segunda-feira (19), após a cidade de São Paulo, parte do Mato Grosso do Sul e do norte do Paraná serem afetados pela fumaça qye desceu das queimadas no Brasil.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247