Com Bolsonaro em baixa, Ciro Nogueira abandona e tira férias para ajudar campanha de aliados no Piauí

Chapa encabeçada por Sílvio Mendes, que disputa o governo estadual com o apoio de Nogueira, tem a deputada federal e ex-mulher do ministro, Iracema Portella como candidata a vice

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro e Ciro Nogueira
Jair Bolsonaro e Ciro Nogueira (Foto: Adriano Machado/Reuters)


247 - O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, presidente do Progressistas e membro da coordenação de campanha de Jair Bolsonaro (PL), tirou férias do cargo para passar a última semana participando da campanha de aliados no Piauí. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, o apoio de Nogueira a Bolsonaro é vista como um possível obstáculo a uma recomposição com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), caso o petista vença a eleição presidencial. 

No Piauí, a chapa encabeçada por Sílvio Mendes (União Brasil), que disputa o governo estadual com o apoio de Nogueira, tem a deputada federal Iracema Portella (PP), ex-mulher do ministro, como candidata a vice-governadora. Devido a alta rejeição de Bolsonaro, o PP piauiense chegou a acionar o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para que a legenda não fosse vinculada à campanha de reeleição do atual ocupante do Palácio do Planalto sob a alegação de que isso seria fake news. 

“O PL, partido de Bolsonaro, lançou o coronel Diego Melo, terceiro colocado nas pesquisas de intenção de voto. O candidato da situação é Rafael Fonteles, do PT, que está na segunda posição. Nogueira disse à emissora CNN que tem direito a férias e que também vai se dedicar à reeleição de Bolsonaro, buscando votos no Nordeste”, ressalta a reportagem. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email