Com fracasso no plano de vacinação e sob pressão, Pazuello pede ajuda para comprar vacinas da Janssen e Pfizer

O Ministério da Saúde resolveu solicitar de forma pública ao Palácio do Planalto um auxílio para a compra de novas vacinas contra a Covid-19. O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello declarou por meio de nota divulgada na noite deste domingo (21), que deseja comprar imunizantes da Janssen e da Pfizer

General Eduardo Pazuello, ministro da Saúde
General Eduardo Pazuello, ministro da Saúde (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Colecionador de fracassos na aquisição de imunizantes e no plano de vacinação, o general Eduardo Pazuello, ministro da Saúde, pediu publicamente neste domingo (21), a ajuda do Palácio do Planalto para comprar vacinas dos laboratórios Janssen e Pfizer. 

Pazuello admitiu as dificuldades para negociar com as empresas e recorreu à ajuda da Casa Civil. De acordo com o Ministério da Saúde, as transações estão "emperradas" por falta de flexibilidade das empresas, informa o Estado de S.Paulo.

O comunicado do MInistério da Saúde relatou que a pasta enviou um ofício na quarta-feira passada (17) à Casa Civil descrevendo o desgaste e atribuindo o impasse às companhias. 

Diante da demora do governo federal em disponibilizar vacinas, um grupo de governadores anunciou na sexta-feira (19) que tentará realizar a compra dos imunizantes diretamente com os laboratórios. A decisão é liderada pelo governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que disse contar com apoio de outros 22 governadores. Segundo ele, o empenho de buscar alternativas foi comunicado ao Ministério da Saúde, que teria aberto a possibilidade de reembolsar os Estados pela aquisição.

Diante da lentidão do governo federal, o Congresso também quer colaborar para encontrar uma solução. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), sinalizou que pretende ajudar a mediar a negociação entre o governo brasileiro e os fabricantes. A pressão não vem apenas dos governadores ou do Congresso. Vários prefeitos, profissionais de saúde e críticos já falam em escassez de vacinas contra a covid-19, o que mostra mais uma vez o fracasso da gestão do general Pazuello à frente da Saúde. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email