Compra de deputados por Temer daria para comprar 5 Neymar

Dinheiro liberado por Michel Temer na forma de emendas parlamentares para garantir se safar da denúncia de corrupção feita pela Procuradoria Geral da República em menos de dois meses corresponde a apenas um quinto do gasto que o Paris Saint German deve pagar pelo passe do jogador Neymar; transação pelo passe do atacante é considerada a maior da história do futebol mundial; governo Temer liberou R$ 4.163.669 bilhões em emendas apenas nos dois meses que antecederam a votação desta quarta-feira (2)

Dinheiro liberado por Michel Temer na forma de emendas parlamentares para garantir se safar da denúncia de corrupção feita pela Procuradoria Geral da República em menos de dois meses corresponde a apenas um quinto do gasto que o Paris Saint German deve pagar pelo passe do jogador Neymar; transação pelo passe do atacante é considerada a maior da história do futebol mundial; governo Temer liberou R$ 4.163.669 bilhões em emendas apenas nos dois meses que antecederam a votação desta quarta-feira (2)
Dinheiro liberado por Michel Temer na forma de emendas parlamentares para garantir se safar da denúncia de corrupção feita pela Procuradoria Geral da República em menos de dois meses corresponde a apenas um quinto do gasto que o Paris Saint German deve pagar pelo passe do jogador Neymar; transação pelo passe do atacante é considerada a maior da história do futebol mundial; governo Temer liberou R$ 4.163.669 bilhões em emendas apenas nos dois meses que antecederam a votação desta quarta-feira (2) (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O dinheiro liberado por Michel Temer na forma de emendas parlamentares para garantir se safar da denúncia de corrupção feita pela Procuradoria Geral da República em menos de dois meses corresponde a apenas um quinto do gasto que o Paris Saint German deve pagar pelo passe do jogador Neymar. A transação pelo passe do atacante é considerada a maior da história do futebol mundial.

De acordo com um levantamento feito pela ONG Contas Abertas, o governo Temer liberou R$ 4.163.669 bilhões em emendas parlamentares apenas nos dois meses que antecederam a votação desta quarta-feira (2). Somente em junho, mês que antecedeu a avaliação da denúncia pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, foram liberados R$ 2,024 bilhões. Em mulho, ate o dia 19, quando corriam as articulações para barrar a denúncia, foram liberdos mais R$ 2,1 bilhões em emendas.

O clube espanhol Barcelona havia fixado uma multa rescisória de 222 milhões de euros (cerca de R$ 823 milhões). As emendas liberadas por Temer somam cinco vezes este valor. Caso sejam levados em consideração os demais gastos como comissões e luvas, por exemplo, o valor do passe de Neymar poderá chegar a R$ 1,5 bilhão. Ainda assim, as emendas liberadas somam o dobro da despesa que o PSG teria para ter o jogador na sua equipe.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247