Confissão de Moro invalida todos os processos contra petistas, diz Wadih Damous

"Ele confessou que a Lava Jato foi urdida para criminalizar o PT. A meu ver, isso torna nulos todos os processos, não só os do Lula", afirma Damous

www.brasil247.com - Wadih Damous e Sérgio Moro
Wadih Damous e Sérgio Moro (Foto: GUSTAVO BEZERRA/PT | Valter Campanato/Agência Brasil)


 mor247 - Ex-deputado federal e ex-presidente da OAB-RJ, Wadih Damous (PT) comentou pelo Twitter nesta quarta-feira (29) o sincericídio do ex-juiz Sergio Moro (Podemos), declarado parcial pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nos processos contra o ex-presidente Lula (PT) na Lava Jato.

Para Damous, ao admitir que a Lava Jato teve como principal objetivo "combater" o PT, Moro escancara sua parcialidade e obriga o Judiciário a anular todos os processos conduzidos pelo ex-juiz contra quaisquer petistas, e não somente contra o ex-presidente Lula.

"Embora Moro tenha dificuldades para pensar e se expressar, não há dúvida de que, hoje, ele confessou em entrevista que a Lava Jato foi urdida para criminalizar o PT e suas lideranças. A meu ver, isso torna nulos todos processos que envolvam petistas e não só os do Lula", escreveu o ex-parlamentar.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email