Consórcio confirma 62 demissões na Arena-PE

Ao contrrio das especulaes que davam conta do desligamento de cerca de 500 operrios lotados na obra, os responsveis por ela garantem que ocorreram apenas 62 demisses; todas baseadas num mecanismo de gesto que busca a renovao de sua equipe

Consórcio confirma 62 demissões na Arena-PE
Consórcio confirma 62 demissões na Arena-PE (Foto: Eduardo Martino/Divulgação)

Raphael Coutinho_PE247 – Após a especulação de que 500 operários da Arena Pernambuco teriam sido demitidos, nesta sexta-feira (3), o consórcio responsável pela obra divulgou nota assegurando que o número correto de desligados é de 62 pessoas. No texto, as empresas alegaram que existe “um mecanismo de gestão que busca a renovação de sua equipe de mão de obra, visando alcançar a produtividade necessária para a realização do empreendimento”. 

Curiosamente, a “renovação” veio no dia seguinte à decisão do Tribunal Regional do Trabalho em Pernambuco (TRT-PE) declarar ilegal a greve realizada, nos últimos dias, pelos trabalhadores lotados na Arena-PE.
A nota do consórcio ainda lembra que, de novembro de 2011 a janeiro deste ano, foram 303 desligamentos e 1.212 contratações. “Com essa medida, a empresa busca fortalecer o conjunto de iniciativas de relacionamento com o objetivo de ampliar e qualificar, cada vez mais, o diálogo com os colaboradores e seus representantes”, diz o texto.

Os trabalhadores paralisaram os serviços no último dia 25 de janeiro e permaneceram até esta quinta-feira (2), quando saiu a decisão do TRT-PE. O movimento foi considerado “abusivo e ilegal”, com penalidade de R$ 5 mil, por dia, ao Sindicato dos Trabalhadores na construção de Estradas, Pavimentação e Terraplenagem em Geral (Sintepav-PE).

Até antes da greve, 2.437 trabalhadores trabalhavam nas obras da Arena Pernambuco. Entre as reivindicações feitas, os funcionários exigiam aumento de benefícios, como cesta básica (de R$ 80 para R$ 120), maior participação nos lucros e resultados (PLR), Plano de Saúde para os profissionais e ajudantes, além de abono dos dias parados e estabilidade de um ano para a comissão dos trabalhadores.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247