Contador de Cachoeira pode ter fugido do País

Geovani Pereira da Silva o nico dos 35 mandados de priso que a PF ainda no cumpriu na Operao Monte Carlo. Ele pode estar escondido em Miami

Contador de Cachoeira pode ter fugido do País
Contador de Cachoeira pode ter fugido do País (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Órgãos de inteligência acreditam que Geovani Pereira da Silva, contador do bicheiro Carlos Cachoeira, pode ter fugido do País. Por conta disso, a Policia Federal e o Ministério Público podem solicitem à Justiça a expedição de mandado internacional de captura contra ele. As informações são do jornalista Claudio Humberto.

A PF tem provas de que Geovani participava ativamente do esquema do contraventor Cachoeira. Conforme a Folha informou, Geovani Pereira da Silva, sacou R$ 8,5 milhões da conta da Alberto e Pantoja Construções e Transportes Ltda, empresa de fachada da Delta Construções, em Brasília, entre maio e dezembro do ano de 2010. As investigações mostram que Silva sacou dinheiro de uma segunda empresa, a Brava Construções e Terraplanagem, que recebeu R$ 13 milhões da Delta em 2010.

Ainda segundo a coluna de Claudio Humberto, Cachoeira, agora preso na Papuda, teria interesses em Miami, por isso o contador fugitivo poderia estar escondido por lá. Cachoeira é tido em Goiás como alguém que documenta e grava tudo compulsivamente. E seu contador teria cópia desse arquivo valioso. Suspeita-se que o contador, fiel depositário dos arquivos implacáveis de Cachoeira, faria uso deles caso o chefe sofresse “represálias”. O contador do contraventor Cachoeira é o único dos 35 mandados de prisão que a PF ainda não cumpriu, na Operação Monte Carlo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email