Contra o golpe, Frente Povo Sem Medo bloqueia mais de 30 rodovias

Protestos contra o vice Michel Temer ocorrem em nove estados na manhã desta quinta-feira; em São Paulo, são 14 bloqueios organizados pelo MTST, que também coordena as ações no Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Goiânia, Uberlândia e Brasilia; em Belo Horizonte e no interior de Minas os atos são coordenados pelas Brigadas Populares e pelo MLB (Movimento de Luta nos Bairros e Favelas), que também compõem a Povo Sem Medo; "Esse é um primeiro recado que a gente está mandando para o Temer e o Cunha", afirma Zelidio Barbosa Lima, coordenador do movimento

Protestos contra o vice Michel Temer ocorrem em nove estados na manhã desta quinta-feira; em São Paulo, são 14 bloqueios organizados pelo MTST, que também coordena as ações no Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Goiânia, Uberlândia e Brasilia; em Belo Horizonte e no interior de Minas os atos são coordenados pelas Brigadas Populares e pelo MLB (Movimento de Luta nos Bairros e Favelas), que também compõem a Povo Sem Medo; "Esse é um primeiro recado que a gente está mandando para o Temer e o Cunha", afirma Zelidio Barbosa Lima, coordenador do movimento
Protestos contra o vice Michel Temer ocorrem em nove estados na manhã desta quinta-feira; em São Paulo, são 14 bloqueios organizados pelo MTST, que também coordena as ações no Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Goiânia, Uberlândia e Brasilia; em Belo Horizonte e no interior de Minas os atos são coordenados pelas Brigadas Populares e pelo MLB (Movimento de Luta nos Bairros e Favelas), que também compõem a Povo Sem Medo; "Esse é um primeiro recado que a gente está mandando para o Temer e o Cunha", afirma Zelidio Barbosa Lima, coordenador do movimento (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Diversos protestos do MTST e da Frente Povo Sem Medo contra o golpe bloqueiam o acesso a estradas e avenidas em várias cidades do país nesta quinta-feira.

Em São Paulo, são 14 bloqueios organizados pelo MTST, que também coordena as ações no Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Goiânia, Uberlândia e Brasilia. Em Belo Horizonte e no interior de Minas os atos são coordenados pelas Brigadas Populares e pelo MLB (Movimento de Luta nos Bairros e Favelas), que também compõem a Povo Sem Medo. Em Brasília, manifestantes fecham a Br 020 Km 19.

"Esse é um primeiro recado que a gente está mandando para o Temer e o Cunha", afirma Zelidio Barbosa Lima, coordenador do movimento.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247