Contrariando Bolsonaro, Fórum defende permanência no Acordo de Paris

A defesa da permanência no Acordo acontece em meio às sinalizações de que o presidente eleito siga o aceno dos EUA, e retire o país do acordo climático firmado, em 2015, por 196 países

Contrariando Bolsonaro, Fórum defende permanência no Acordo de Paris
Contrariando Bolsonaro, Fórum defende permanência no Acordo de Paris (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Da RFI - Em discurso realizado na 24ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 24), que acontece até sexta-feira (14) na cidade de Katowice, na Polônia, o ministro do Meio Ambiente do Brasil, Edson Duarte, ressaltou os avanços do Brasil nos compromissos assumidos para reduzir o aquecimento global.

A defesa da permanência do Brasil no Acordo de Paris acontece em meio às sinalizações do próximo governo de retirar o país do acordo climático firmado, em 2015, por 196 países. O receio é que o governo brasileiro siga a decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, que abandonou o acordo em junho do ano passado.

Em entrevista à enviada especial da RFI, Alfredo Helio Syrkis, secretário executivo do Fórum Brasileiro de Mudança do Clima, lembrou que o Brasil continua sendo um dos principais articuladores das ações climáticas.

"Foi na Rio 92 onde tudo começou. O Brasil foi importantíssimo no protocolo de Kioto, na reunião de Copenhagem e também teve um papel muito importante na articulação do Acordo de Paris, que foi a primeira vez que 196 governos combinaram de fazer um esforço para que juntos pudessem combater o processo de aquecimento global", declarou o secretário.

Terras indígenas também sob ameaça

Depois do presidente eleito, Jair Bolsonaro, sinalizar que pode também flexibilizar as regras para a exploração de terras em reservas indígenas, ambientalistas ficaram preocupados com um possível aumento do desmatamento nas florestas brasileiras.

Presente na COP 24, a responsável pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), Sônia Guajajara, defendeu o Acordo de Paris e a demarcação das reservas como uma maneira de implementar ações locais contra o desmatamento.

Segundo a líder indígena, "as terras demarcadas são as mais preservadas e embora não haja uma política efetiva de proteção [das florestas], o próprio modo de vida dos povos indígenas garante a preservação", declarou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247