CPI já começa a parar obras da Copa e do PAC

Envolvida nas denncias que levaram criao da CPI do Cachoeira, Delta, uma das principais contratantes do PAC, deve deixar o consrcio responsvel pela reforma do Maracan at o dia 1 de maio, por dificuldades para conseguir financiamento

CPI já começa a parar obras da Copa e do PAC
CPI já começa a parar obras da Copa e do PAC (Foto: Folhapress)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Ela nem começou ainda, mas já mostra que seus efeitos extrapolam a esfera política no Brasil. A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada para investigar as relações entre o bicheiro Calinhos Cachoeira e políticos fez sua primeira uma vítima: a empreiteira Delta, uma das principais contratantes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), deve abandonar o consórcio responsável pela reforma do Maracanâ até o dia 1º de maio.

A Delta enfrenta dificuldades para obter financiamento bancário e já suspendeu seus aportes para a reforma do principal estádio do Rio de Janeiro . Segundo matéria de O Estado de S.Paulo, nesta semana, a empresa deixou de repassar mais de R$ 6 milhões – R$ 4,1 milhões na segunda-feira e R$ 2 milhões nesta sexta-feira – proporcionais a sua participação no consórcio responsável pela reforma, composto ainda por Odebrecht e Andrade Gutierrez.

Os recursos seriam usados no pagamento a fornecedores e despesas operacionais. Iniciada em setembro de 2010, a reforma do Maracã está prevista para ser finalizada em fevereiro de 2013. A saída da Delta deve atrasar a entrega, mas não a ponto de comprometer a utilização do estádio na Copa das Confederações.

A saída da Delta, segundo o Estadão, é dada como irreversível. A empresa teria situado o Maracanã em último lugar em sua lista de prioridades. Como previu o próprio Fernando Cavendish entrevista à Folha de S.Paulo, o crédito bancário rareou. As dificuldades da empreiteira podem afetar também as obras do PAC, já que a Delta é uma das principais contratantes do programa.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email