Dallagnol expressa apoio a Bretas, acusado de manipular sentenças, e é rechaçado nas redes

“Tem toda minha confiança e solidariedade”, escreveu Deltan Dallagnol em resposta a uma postagem de Marcelo Bretas nas redes sociais

www.brasil247.com - Deltan Dallagnol
Deltan Dallagnol (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)


247 - O procurador Deltan Dallagnol manifestou apoio ao juiz federal Marcelo Bretas, depois das revelações de que o juiz da Lava Jato do Rio de Janeiro, combinou estratégias com o Ministério Público e direcionou acordos, feitas em delação premiada pelo advogado Nythalmar Dias Ferreirada.

“Tem toda minha confiança e solidariedade”, escreveu o ex-coordenador da força-tarefa em Curitiba, em resposta a uma publicação de Bretas em que ele compartilhou a nota de apoio da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil).

Deltan e procuradores da Lava Jato de Curitiba também são acusados de manipular processos e provas em conluio com o ex-juiz Sergio Moro para perseguir e prender lideranças políticas como o ex-presidente Lula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A declaração gerou uma reação dos internautas nas redes. "Quem diria que um procurador que fez conluio com juiz, está manifestando apoio a juiz acusado de fazer conluio, né?", escreveu um seguidor.
 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email