Damous destaca solidariedade dos partidos contra arbitrariedade contra Lula: nunca vi algo parecido

"Nunca vi no Parlamento algo parecido: a quase unanimidade dos partidos políticos pediu que o Supremo não permita a transferência do Presidente Lula", destacou o advogado Wadih Damous, sobre a reunião de parlamentares que foram ao Supremo para contestar transferência de Lula

(Foto: (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil))
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O advogado Wadih Damous, ex-presidente da OAB-RJ e ex-deputado federal, participou da reunião com parlamentares de diferentes partidos, da esquerda e de centro, que foram ao Supremo Tribunal Federal para contestar a decisão das Justiças do Paraná e de São Paulo de transferir o ex-presidente.

"Acabo de sair da reunião com o Presidente do STF. Nunca vi no Parlamento algo parecido: a quase unanimidade dos partidos políticos pediu que o Supremo não permita a transferência do Presidente Lula. Foi emocionante", relatou Damous.

O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, afirmou que a Corte deve decidir ainda nesta quarta-feira (7) sobre a transferência do ex-presidente Lula da carceragem da Polícia Federal em Curitiba para o presídio de Tremembé, em São Paulo. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247