Decisões judiciais liberam 30 mil presos no país durante pandemia de coronavírus

O Departamento Penitenciário Nacional estima que 30 mil presos foram liberados no país durante a pandemia e, mesmo pedindo aos estados fiscalização domiciliar, avalia que é impossível fazer controle

(Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Depen (Departamento Penitenciário Nacional) estima que 30 mil presos tenham sido liberados no país por decisões judiciais em virtude da recomendação dada pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) em meio à pandemia do coronavírus, informa o Painel da Folha de S.Paulo. 

Segundo o Depen, alguns saíram sem tornozeleira eletrônica e pede aos estados rigor na fiscalização dos que foram para prisão domiciliar.

O próprio Ministério da Justiça, pasta à qual o departamento é subordinado, considera que será impossível realizar o monitoramento dos presos, informa a coluna.
 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email