Defesa de Lula vai recorrer de decisão do STJ contra parecer da procuradora

A defesa do ex-presidente Lula garantiu que vai recorrer da decisão do ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que rejeitou, nesta quinta-feira (21), recurso do ex-presidente, para que seja julgada pelo tribunal a suspeição do juiz Sergio Moro; "Vamos recorrer para que o colegiado analise o tema da suspeição, tal como opinou o Ministério Público Federal em parecer emitido nos autos", afirmou o advogado Cristiano Zanin Martins; 

A defesa do ex-presidente Lula garantiu que vai recorrer da decisão do ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que rejeitou, nesta quinta-feira (21), recurso do ex-presidente, para que seja julgada pelo tribunal a suspeição do juiz Sergio Moro; "Vamos recorrer para que o colegiado analise o tema da suspeição, tal como opinou o Ministério Público Federal em parecer emitido nos autos", afirmou o advogado Cristiano Zanin Martins; 
A defesa do ex-presidente Lula garantiu que vai recorrer da decisão do ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que rejeitou, nesta quinta-feira (21), recurso do ex-presidente, para que seja julgada pelo tribunal a suspeição do juiz Sergio Moro; "Vamos recorrer para que o colegiado analise o tema da suspeição, tal como opinou o Ministério Público Federal em parecer emitido nos autos", afirmou o advogado Cristiano Zanin Martins;  (Foto: Aquiles Lins)

Revista Fórum - A defesa de Luiz Inácio Lula da Silva garantiu que vai recorrer da decisão do ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que rejeitou, nesta quinta-feira (21), recurso do ex-presidente, para que seja julgada pelo tribunal a suspeição do juiz Sergio Moro.

"Vamos recorrer para que o colegiado analise o tema da suspeição, tal como opinou o Ministério Público Federal em parecer emitido nos autos", afirmou o advogado Cristiano Zanin Martins.

De acordo com o criminalista, foram apontados, no recurso, procedimentos e decisões que violam a imparcialidade requerida ao juiz Sergio Moro para a condução dos inquéritos.

No entanto, Fischer entendeu que analisar a suspeição de Moro exigiria o reexame de provas colhidas pela Operação Lava Jato, algo que o STJ não pode fazer no tipo de recurso enviado ao tribunal pelos advogados do petista. Lula pediu a suspeição do juiz no processo relativo ao tríplex de Guarujá. O Ministério Público Federal emitiu um parecer favorável ao julgamento da causa.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247