Defesa rebate críticas de Gilmar Mendes e diz que tem "efetivo maior que o da FEB" no combate à pandemia

Nota do Ministério da Defesa foi divulgada após o ministro do STF Gilmar Medes criticar a militarização do Ministério da Saúde e o desmonte da pasta em meio à pandemia do novo coronavírus

www.brasil247.com -
(Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF | DefesaNet)


247 - O Ministério da Defesa rebateu. por meio de nota. as críticas feitas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Medes que criticou a militarização do Ministério da Saúde e o desmonte da pasta em meio à pandemia do novo coronavírus, além de ter afirmado que o “Exército está se associando a esse genocídio”. Segundo o ministério, os militares atuam no combate à pandemia com um “efetivo maior do que o da FEB (Força Expedicionária Brasileira) na Segunda Guerra Mundial” e a operação de combate ao coronavírus “está atingindo os objetivos a que se propõe”. 

As declarações de Gilmar foram feitas neste sábado (11) durante um debate virtual promovido pela revista IstoÉ e pelo Instituto Brasiliense de Direito Público. "O Ministério da Defesa informa que as Forças Armadas atuam diretamente no combate ao novo coronavírus, por meio da Operação Covid-19. Desde o início da pandemia, vem atuando sempre para o bem-estar de todos os brasileiros. São empregados, diariamente, 34 mil militares, efetivo maior do que o da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial, com 25.800 homens. O Ministério da Defesa tem o compromisso com a saúde e com o bem estar de todos os brasileiros de norte ao sul do País", afirma a nota.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em resposta a Mendes, o  Ministério da Defesa alega que a operação desenvolvida pelos militares “está atingindo os objetivos a que se propõe”.  Segundo a nota, “foram descontaminados 3.348 locais públicos; realizadas 2.139 campanhas de conscientização junto à população, 3.249 ações em barreiras sanitárias e 21.026 doações de sangue; distribuídos 728.842 cestas básicas; produzidos 20.315 litros de álcool em gel e capacitadas 9.945 pessoas para realizar ações de descontaminação".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email