Deltan também discutiu cachê das palestras de Janot

Procurador Deltan Dallagnol, em conversa íntima com o ex-procurador-geral da República, que chama o chefe da Lava Jato de "amigo", sugere que Rodrigo Janot faça uma palestra e discute com ele o valor do cachê; ao questionar se o valor oficial cobrado por Janot era de R$ 30 mil, sinalizou que faculdades normalmente “não pagam esse valor… mas se pedir uns 15k, acho que pagam”

(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

247 - Além de revelar o plano de enriquecimento do procurador Deltan Dallagnol às custas da Operação Lava Jato e, consequentemente, da prisão do ex-presidente Lula, a reportagem do site The Intercept, em parceria com a Folha de S.Paulo, deste domingo 14 mostra como o procurador tentou convencer outras autoridades a também realizar palestras e lucrar.

Uma dessas pessoas foi o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot. Em junho do ano passado, o coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba tentou convencer Janot a participar de um evento em São Paulo. "Fazia quase seis meses que eles não se falavam pelo Telegram, segundo o histórico de mensagens", contextualiza a reportagem.

Depois de falar sobre o evento, Dallagnol enviou a seguinte mensagem de texto, mostrando intimidade com o ex-chefe da PGR: “Tava aqui gerenciando msgs e vi que fui direto ao ponto kkkk Tudo bem com Vc? Espero que esteja aproveitando bastante, tomando muita água de coco e dormindo o sono dos justos rs Agora, vou te dizer, Vc faz uma faaaaaaaltaaaaa”.

“Oi amigo kkkkkk”, respondeu Janot. “Considero sim mas teremos que falar sobre cache. Grato pela lembra”. Dallagnol perguntou se o cachê oficial do ex-chefe era de R$ 30 mil e sinalizou que faculdades normalmente “não pagam esse valor… mas se pedir uns 15k, acho que pagam”.

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, que se aposentou e hoje atua como advogado, informou via assessoria de imprensa que “prefere não comentar o conteúdo da conversa com o procurador Dallagnol”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247