Deltan tem encontro com senadores na casa de Selma Arruda

Um grupo de senadores do chamado "Muda Senado" se reuniu com o procurador Deltan Dallagnol na casa da senadora Selma Arruda (Podemos-MT). Mais cedo os parlamentares tiveram encontro com representantes do Vem Pra Rua, MBL e Nas Ruas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Desmoralizado pelo Vaza Jato que revelou sua conduta ilegal no comando dos processos da Lava Jato de Curitiba, o procurador Deltan Dallagnol foi para uma reunião na casa da senadora Selma Arruda (Podemos-MT), conhecida como "Moro de saias" e que até semana passada era filiada ao PSL de Jair Bolsonaro.

Trata-se de uma reunião com o grupo chamado "Muda Senado", que mais cedo esteve com representantes de movimentos da direita como Vem Pra Rua, MBL e Nas Ruas.

Segundo o site O Antagonista, porta-voz da República de Curitiba, o encontro tem como objetivo traçar estratégias conjuntas.

A situação de Deltan se agrava. As mensagens da Vaza Jato comprovam que o procurador e outros membros da força-tarefa, além do juiz Sergio Moro, agiam nas sombras, conspirando contra ministros do STF,  violando prerrogativas funcionais e institucionais, manipulando provas, delações para atender seus intereses políticos. 

Há várias reclamações diciplinares contra o procurador no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e fontes apontam que é cada vez maior as chances da abertura de investigação e até de afastamento do procurador.

Nesta terça (24), faltando apenas um voto para aprovar a abertura do processo, o julgamento foi suspenso a pedido do procurador-geral da República interino, Alcides Martins.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email