DEM quer filiar Tabata e outros dissidentes de PDT e PSB

Numa jogada para se reforçar como partido da direita com fachada de centrista, o DEM montou uma estratégia para filiar quadros políticos do PDT e do PSB que votaram contra a orientação partidária na reforma da Previdência

Tabata Amaral
Tabata Amaral (Foto: Will Shutter/ Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Numa jogada para se reforçar como partido da direita com fachada de centrista, o DEM montou uma estratégia para filiar quadros políticos do PDT e do PSB que podem ser punidos por suas legendas após trair a orientação partidária e votar do a favor da reforma da Previdência do governo Bolsonaro.  

Segundo a coluna Painel da Folha de São Paulo, o alvo principal está sendo disputada não só pelo DEM mas também por outras siglas. Tabata pode ser expulsa do PDT.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247